Seul ganhará estúdio para apresentações teatrais e musicais virtuais

Via Koreapost

Com a pandemia de COVID-19 empurrando a indústria da arte para uma mudança online, o Governo Metropolitano de Seul planeja lançar um estúdio para transmissões online no centro de Seul visando abrir caminho para performances virtuais. O antigo Namsan Creative Center, que fechou no ano passado, será transformado em um novo estúdio para produção e transmissão de apresentações virtuais de arte.

De acordo com o Governo Metropolitano de Seul, o novo estúdio será inaugurado oficialmente em abril de 2022, após um período de testes. O estúdio estará equipado com câmeras e sistemas de áudio e iluminação de última geração.

O estúdio de 1.966 metros quadrados de dois andares será capaz de hospedar vários gêneros de performance, desde música, dança, gugak (música tradicional coreana) a dramas e musicais. A nova instalação também acomodará aulas de educação artística, exposições, bem como filmagens de filmes e comerciais.

O centro foi inicialmente inaugurado como uma quadra de tênis em 1995, mas foi transformado em uma instalação cultural em 2007, usada para práticas musicais e dramáticas. Em uma pesquisa realizada pelo Instituto de Cultura e Turismo da Coreia, 40,7% de 1.223 artistas e criadores responderam que participaram de produções online sem contato de janeiro a agosto do ano passado.

Entre aqueles que tiveram experiência na criação de produções online, 56,5% disseram que o suporte para a produção de vídeo, tanto espaço quanto técnica, é necessário para transmissões de performances de melhor qualidade. Seul deve revelar um plano mais detalhado para o lançamento do estúdio, após consultar artistas e especialistas em produção de vídeo.

Crédito: https://revistakoreain.com.br/

“Na era pós-coronavírus, apresentações presenciais e virtuais coexistirão. O Governo Metropolitano de Seul espera que os artistas possam realizar diversas artes cênicas aqui, usando o estúdio equipado com equipamentos de última geração”, disse Yoo Yeon-sik, diretor da Sede de Cultura do governo da cidade. “Esperamos que este estúdio seja mais do que apenas uma unidade de produção. Esperamos que apoie a criação de arte sem contato, oferecendo arte performática virtual de qualidade para as pessoas”, disse Yoo.

Como o cenário das artes cênicas foi duramente atingido pela pandemia em curso, as autoridades e instituições relacionadas estão tentando dar seu apoio à indústria, oferecendo oportunidades para criar performances de transmissão online. Os principais locais de arte, como o Sejong Center for the Performing Arts e Lotte Concert Hall, têm executado ou estão executando programas que suportam transmissões online também.

De acordo com as regras de distanciamento social do Nível 2.5, os locais de artes cênicas devem deixar duas cadeiras vazias entre cada membro da audiência. A cena artística local tem pedido às autoridades que relaxem a medida, citando dificuldades financeiras.

Hallyu Rio, em formato digital, ocorre em outubro deste ano

No dia 17 de outubro acontece o Hallyu Digital Festival. A programação do evento poderá ser acompanhada pelo YouTube da Global Culture Produções. O evento é gratuito e já tem confirmado as seguintes atrações: aula de coreano, concurso cover de dança, concurso cover de canto, quiz de perguntas sobre a Coreia do Sul e entrevistas com pessoas que moram na Coreia. O público também vai poder entrar em um grupo de bate papo fechado do evento dentro do WhatsApp.

Crédito: Facebook Hallyu Rio Festival.

Desde 2015, a equipe do evento Hallyu Rio traz para o público carioca, fã da cultura sul-coreana,o melhor da experiência Hallyu no Rio de Janeiro, com atrações que foram desde concursos de cover K-pop a experiências de vestir hanbok, experimentar comida típica coreana, entre outros. Este ano, devido à pandemia Covid-19, decidiu-se pela criação de um evento digital. Para outras informações, acesse a página https://hallyurio.com/

Pesquisadora do MidiÁsia participa do Festival República da Coreia, promovido pela embaixada do país no Brasil

A Embaixada da Coreia do Sul no Brasil promove entre os dias 20 a 24 de julho o Festival República da Coreia, que será transmitido ao vivo online, pelo canal no YouTube da embaixada. A pesquisadora do MidiÁsia, Daniela Mazur, especialista em cultura pop sul-coreana, foi convidada para participar da programação e falar sobre a onda coreana, juntamente com o jornalista Gustavo Balducci. O debate está marcado para o dia 22 deste mês, às 14h.

O evento virtual, segundo informações do jornal Extra, tem o objetivo de impulsionar uma aproximação da cultura do país asiático com o público no Brasil. Para tanto, estão inclusos na programação atrações que apresentarão mais detalhes da gastronomia, turismo, educação, oportunidades de bolsas de estudo, cinema, Taekwondo, roupas e jogos tradicionais sul-coreanos.

A iniciativa também vai contar com atividades interativas, envolvendo rodadas de perguntas e respostas. A música, em especial o K-POP, pela sua importância atual, terá lugar de destaque entre as atrações, com a presença do idol Spax, que compôs uma música para os fãs brasileiros, com videoclipe gravado em Salesópolis, no interior de São Paulo, conforme relata o jornal Extra.

Durante a abertura do evento, o Ministro da Embaixada Lee Jang vai realizar uma palestra sobre o combate à Covid-19 na Coreia do Sul. Confira a programação abaixo. Algumas atividades serão acessíveis em Libras. Para outras informações e acompanhar o festival ao vivo, acesse a página no Facebook e o canal no YouTube da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil.

Crédito: Facebook da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil.
Crédito: Facebook da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil.
Crédito: Facebook da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil.
Crédito: Facebook da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil.
Crédito: Facebook da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil.