NC Curadorias abre inscrições para o curso “Desvendando o pop japonês”

Crédito: NC Curadorias.

Nos dias 5, 12, 19 e 26 de agosto, Mayara Araújo, doutoranda do PPGCOM-UFF e pesquisadora vinculada ao MidiaÁsia, trará o universo dos animês e j-dramas para desvendar as estratégias utilizadas pela indústria do entretenimento japonês na difusão da cultura pop no mundo. Realizado pela NC Curadorias, o curso “Desvendando o pop japonês” será online, das 18h30 às 20h30, e abordará as noções de soft power e nation branding, que norteiam o entendimento da expansão do pop japonês.

Por meio de personagens que cativam crianças e jovens, o pop japonês atravessou fronteiras e virou uma verdadeira sensação em diversos países, incluindo o Brasil. Esse processo mantém-se até os dias de hoje. Mesmo 14 anos após a primeira exibição na TV aberta, o ninja Naruto Uzumaki continua a fazer parte de conversas e memes na internet. Recentemente, a Netflix apostou na popularidade de Sailor Moon e incluiu o filme no catálogo brasileiro. Isso mostra que o investimento de plataformas de streaming e canais especializados continua crescendo. Mas por quê? O pop japonês ainda tem vez no mercado? Como?

Crédito: arquivo pessoal.

Se você deseja aprofundar-se nos estudos da cultura pop japonesa e nas lógicas que envolvem todo o processo de circulação e manutenção dessas produções, o curso da pesquisadora Mayara Araújo foi especialmente planejado com o objetivo de levar ao fã, estudante e comunicador os conceitos básicos desse universo esplêndido, que conquista há décadas admiradores. Saiba mais no site https://bit.ly/3haieOl ou entre em contato através dos nossos canais: nccuradorias@gmail.com e @nc_curadorias no Instagram e Facebook.

Mangá “One Piece” atinge a marca de 1000 capítulos publicados! Veja quais são os personagens favoritos do público

Crédito: TecMundo.

Via Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro

A famosa série de mangá sobre piratas, One Piece, atingiu a marca de 1000 capítulos publicados! Para comemorar esse marco, foi feita uma enquete de popularidade para descobrir quais os personagens favoritos do seu público de leitores. E o mundo respondeu. Foram mais de 12 milhões de votos para um elenco de mais de mil personagens. Você pode conferir o ranking global ou regional no site oficial World Top 100 (clique aqui).

Portal Minuto Otaku, plataforma especializada em cultura pop asiática, leva inovação e interatividade ao público brasileiro

Via Revista Intertelas

O Minuto Otaku (clique aqui) é a primeira plataforma brasileira que une conteúdos jornalísticos, cursos educativos e uma comunidade interativa sobre cultura pop asiática. O conteúdo produzido pelos colaboradores do portal, alguns deles integrantes de programas de mestrado e doutorado de todo o país, engloba temas variados, como psicologia, cultura, curiosidades, games, meio ambiente e educação. Dessa forma, são elaborados artigos, reviews, podcasts, vídeos e lives aprofundando as discussões sobre o universo otaku. O portal também conta com um catálogo completo de informações sobre os melhores títulos de animes, mangás, doramas e live-actions

Há uma parte do Minuto Otaku voltada para a divulgação de eventos externos e virtuais, sejam eles produzidos pela plataforma ou através de parcerias de divulgação. Também são disponibilizados cursos de formação livre gratuitos e pagos, que podem ser realizados por usuários cadastrados. Outra opção de compra é a loja virtual, que vende produtos artesanais e produzidos de forma independente voltados para o público otaku.

O Minuto Otaku possui uma comunidade interativa onde os usuários podem criar seus perfis com recursos de biblioteca, amigos, grupos, fóruns e gamificação. A proposta é criar um ambiente saudável, livre de discursos de ódio e fake news, permitindo apenas o cadastro de usuários maiores de 18 anos. Segundo Jorge Massarollo, um dos fundadores do projeto, ‘’o portal é a realização do sonho de unir em um único local, a paixão pela cultura-pop oriental, o fascínio pela ciência e a experiência do aprendizado”.

Crédito: Minuto Otaku, divulgação.

Já para a também idealizadora da iniciativa Lorena Mattana “a plataforma veio para unir diversos mundos e culturas. É um portal formado por embaixadores apaixonados que cresceram junto aos seus personagens favoritos, utilizando seu conhecimento para produzir conteúdos de altíssima qualidade aos fãs brasileiros”. Por fim, conforme Rafael Sartori, que coordenador do grupo fundador,‘’desenvolver o Minuto Otaku foi um desafio gratificante de unir paixão dos fãs, sustentabilidade financeira e recursos tecnológicos em uma plataforma diferenciada”.

O portal teve o subsídio do ZionLab, projeto de Satori, site especializado na criação de sites, lojas virtuais, marketplaces e aplicativos. O Minuto Otaku conta ainda com 15 embaixadores que auxiliam na promoção e produção de seu conteúdo.  

NC Curadorias oferece desconto para o curso “Cultura Pop no Mundo Multipolar: lições do Japão e da Coreia do Sul”

A Nélida Capela Curadorias, com o apoio do Grupo de Pesquisa em Mídia e Cultura Asiática Contemporânea (MidiÁsia), está oferecendo desconto de 20% para o curso de extensão “A Cultura Pop no Mundo Multipolar: lições do Japão e da Coreia do Sul”, até final deste mês de setembro. Para ter acesso, basta usar o código MIDIASIAUFF na hora de realizar o pagamento da inscrição. O valor do curso está em R$ 300, 00. As aulas serão online e ao vivo.

O link de acesso será enviado no email de confirmação da inscrição – e será o mesmo para todos os encontros. Guarde seu email com essa informação. Material parcial das aulas e gravações serão disponibilizadas no Google Drive – alunos terão acesso por link. O minicurso terá emissão de certificado. As vagas são limitadas. A iniciativa será ministrada pela especialista Krystal Urbano (Krystal Cortez) e tem o apoio também do Centro de Estudos Asiáticos (CEA) da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Clique no folder para realizar a sua inscrição. Crédito: NC Curadorias.

Segundo informações dos organizadores, o curso visa discutir o fenômeno da cultura pop, a partir de um olhar ancorado no Japão e Coreia do Sul e suas expressões pop midiáticas – tais como os mangás, animês, dramas de TV, reality e talk shows, games, música pop e seus idols com estilo e moda associados. O curso promove, portanto, uma reflexão teórica-metodológica acerca dos desafios e oportunidades que se apresentam no âmbito dos estudos do Pop, no contexto de um mundo pós-ocidental, bem como seus reflexos e desdobramentos no Brasil.

Krystal Urbano é doutora (2014-2018) e mestre (2011-2013) em comunicação pela Universidade Federal Fluminense (PPGCOM|UFF). Jornalista (2002-2006) e especialista em Epistemologias do Sul (2017-2018) pelo Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO|Argentina). Fundadora do Asian Club (Estudos de Mídia|UFF), coordenadora adjunta do MidiÁsia-UFF e integrante da Red Iberoamericana de investigadores en Anime y Manga (RIIAM), além de coordenar a área de Estudos do Pop Midiático como membro do colegiado da Academia Nipo-Brasileira de Estudos da História e Cultura Japonesa do Instituto Cultural Brasil-Japão (ANBEHCJA-ICBJ). Atualmente, realiza pós-doutorado no Programa da Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM|UFF). Para mais informações sobre a ementa do curso, inscrições e valores, acesse o site do Sympla.

Terceira live do MidiÁsia debate a Onda Coreana e o Cool Japan

Na próxima segunda-feira, 13/07, o Grupo de Pesquisa em Mídia e Cultura Asiática Contemporânea da Universidade Federal Fluminense (MidiÁsia-UFF) vai realizar sua terceira live, diretamente do Facebook do grupo de pesquisa, às 18h, abordando as seguintes temáticas: a Onda Coreana e o Cool Japan. Participam deste evento Daniela Mazur e Mayara Araújo, pesquisadoras e especialistas em cultura pop sul-coreana e japonesa, respectivamente. Ambas vão analisar esses projetos da cultura pop asiática e como se transformaram em febres no Brasil e no mundo. A mediação será feita por Mateus Nascimento, também pesquisador do MidiÁsia. Participe!

Crédito: MidiÁsia.

Academia de Estudos Japoneses do ICBJ oferece minicurso online “Pensar a cultura pop japonesa para além do animê: dramas de TV”

A Academia de Estudos Japoneses do Instituto Cultural Brasil-Japão (ICBJ) está com inscrições abertas para o minicurso online “Pensar a cultura pop japonesa para além do animê: dramas de TV”, que ocorrerá entre 9 de junho a 11 de agosto, todas as terças-feiras, no horário de 16h ás 18h. O minicurso é oferecido gratuitamente e consiste em um esforço acadêmico em disseminar os estudos sobre a cultura pop japonesa a partir de outras perspectivas, para além do tradicional eixo dos animês e mangás.

Ministrado pela professora e doutoranda em comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF) Mayara Araujo, a inciativa busca ainda, ao longo de 10 aulas online, discorrer sobre o conceito de cultura pop e de cultura pop asiática. Fazem ainda parte do programa do curso aprofundar a análise sobre a apresentação desse pop no Brasil e, por fim, explorar o que são os dramas de TV – popularmente conhecido como doramas – seus gêneros, formato e emulações por parte de outros países do leste asiático.

Crédito: Mayara Araujo.

Para mais informações e saber como realizar a sua inscrição mande email para: academiahistculticbj@gmail.com, incluindo os seguintes dados no corpo do texto: Nome Completo, CPF, Instituição de Origem, Curso, Titulação, Período. É também solicitado aos interessados informar se são alunos, associados ou membros de alguma associação ou instituição relacionada à cultura japonesa ou às artes marciais.