Papo AMSEC debate o mangá “Sigma PI” e sua utilização para o ensino de química

Crédito: divulgação.

Acontece no dia 22 de julho, quinta-feira, às 19h, o Papo AMSEC sobre o mangá “Sigma PI” e sua utilização para o ensino de química. A convidada será a Dra. Adriana Yumi Iwata que irá apresentar suas experiências no ensino e na pesquisa com animê e mangá.

Ela possui doutorado em química pela Universidade Federal de São Carlos (UFScar), no qual realizou a pesquisa “Desenvolvimento de metodologias de divulgação científica por meio de pesquisa e produção de mangás”. A pesquisadora também é autora do mangá “Sigma Pi” e do projeto “Tirinhas de Vidro” que faz parte do projeto de Jornalismo Científico, integrando as iniciativas de divulgação científica desenvolvidas pelo Centro de Pesquisa, Educação e Inovação em Vidros – CeRTEV

Crédito: divulgação.

O mangá trata sobre as experiências de estudantes no ensino médio que participam do laboratório de química Sigma Pi, tendo como protagonista a aluna Branca que é a única desse laboratório. Vão mediar a conversa os professores, pesquisadores e especialistas Helder Carvalho e Bruna Navarone. A transmissão ocorre pelo Canal do Animê, Mangá e SciFi no Ensino de Ciências no YouTube. Para realizar a sua inscrição, acesse o site do Campus Virtual Fiocruz.

Nintendo planeja transformar uma de suas fábricas em um museu

Crédito: https://www.nintendo.co.jp/

Via Consulado Geral do Japão no Brasil

Nessa quarta-feira (02/06), a empresa Nintendo anunciou que planeja transformar uma de suas fábricas em um museu. Localizada no distrito Ogura da cidade de Uji, em Kyoto, a unidade Uji Ogura era primariamente uma fábrica de jogos de carta, como o Hanafuda, que também oferecia assistência técnica como reparos de consoles de jogos. Porém, com a construção de outra unidade Uji (no distrito de Makishima), ambas as funções foram transferidas para a nova unidade, tornando Uji Ogura obsoleta. Com a construção da “Nintendo Gallery” (nome provisório), a empresa pretende mostrar a história de seus produtos e suas manufaturas.
A previsão de construção é até março de 2024.

Consulado do Japão no Rio apresenta evento online “E-Namorados com Sakê”

Crédito: https://www.japaoemfoco.com/

Via Revista Intertelas

Consulado-Geral do Japão no Rio de Janeiro, em parceria com o Consulado-Geral Honorário do Japão em Belo Horizonte, o Instituto Cultural Brasil Japão (ICBJ) e a Associação de Cooperação em Cultura e Tecnologia Brasil-Japão (ACCTBJ), apresenta o evento E-Namorados com Sake, uma experiência única para conhecer mais sobre os sabores do sake japonês, sua produção e os melhores pratos para acompanhar. O evento online ocorre no dia 10 de junho (quinta-feira), às 20h. O jornalista e especialista em sake Roberto Maxwell vai apresentar vídeos sobre a produção desta bebida no Japão e conversar sobre “turismo de sake”. Já Alexandre Tatsuya Iida, reconhecido pela The Japan Sake Brewers Association Junior Council como embaixador do sake no Brasil, vai dar dicas de harmonização e degustação.

Crédito: Consulado do Japão no Rio.

ICBJ e a ACCTBJ irão distribuir kits degustação aos primeiros inscritos no evento e apenas para maiores de 18 anos. Também está programado um sorteio de duas garrafas de sake japonês entre todos os inscritos. A iniciativa é restrita a residentes dos estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais. A palavra sake, para os japoneses, refere-se a todo e qualquer tipo de bebida alcoólica. Quando se abriu para o mundo, o Japão levou os sabores de sua bebida mais tradicional a um público que, ainda hoje, enamora-se com sua riqueza de paladar, aroma e sensações. E nada melhor do que degustar um autêntico sake japonês ao lado de quem se ama. Para mais informações de como participar e realizar a sua inscrição, acesse o site do Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro.

Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo) promove o 15º Bunka Matsuri – A Festa da Cultura Japonesa

Crédito: https://www.bunkyo.org.br/

Via Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo)

Neste final de semana, nos dias 22 e 23 de maio, a partir das 17 horas, com transmissão pelo Youtube e Facebook, a Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo) realiza o 15º Bunka Matsuri – A Festa da Cultura Japonesa. O tema principal deste ano será “A Harmonia que nos Conecta“, com muitas novidades preparadas pelos voluntários da comissão organizadora, como as Experiências Online, o Bunka Experience, a Live Kids e o Delivery. Serão 2 dias de Live sobre a cultura japonesa, para acompanhar no conforto da sua casa e curtir com toda a família, com os temas Mundo Pop, Gastronomia, Música e Dança.

A nossa expectativa para o Bunka Matsuri é bastante otimista, teremos um evento com muitas novidades e devido ao agravamento da pandemia, com algumas adaptações para atender este momento. Estamos trabalhando bastante, as engrenagens estão se encaixando, e será um evento lindo com experiências de contato com a cultura japonesa e atividades para toda família”, revela o coordenador geral do evento, Takayuki Kato.

Mundo Pop traz convidados especiais

Crédito: https://www.bunkyo.org.br/

A live começará nos dois dias com as atrações do Mundo Pop. No sábado, 22/05, o destaque é a participação da Crunchyroll, uma companhia WarnerMedia e a marca mais popular de anime do mundo, que conecta fãs de anime e mangá em mais de 190 países e territórios.

Para falar sobre a atuação da empresa, convidamos Yuri Petnys, que trabalha no business development e marketing da companhia no Brasil e em Portugal. Logo em seguida, teremos a participação dos dubladores do anime Jujutsu Kaisen, sucesso da Crunchyroll, que participam do evento a convite do Bunka Matsuri.

Os atores Yuri Tupper (Yuuji Itadori), Amanda Brigido (Nobara Kugisaki), Erick Bougleux (Toge Inumaki) e o diretor de dublagem do anime, Leonardo Santhos (Mahito) falam sobre suas experiências na indústria e os desafios da carreira na dublagem. No encerramento, os tradutores Gustavo Hoffmann Moreira, Mari Brito e Fernando Sato Mucioli contam um pouco de seu aprendizado como profissionais de tradução japonês-português.

E no domingo, 23/05, o bloco será todo dedicado ao anime One Piece, um dos maiores sucessos de toda história da indústria, que acompanha as aventuras de Monkey D. Luffy e sua tripulação pela Grand Line, em busca do grande tesouro. O bloco terá presença do canal Mitsubukai, formado pelos atores e dubladores Glauco Marques (Roronoa Zoro), Adrian Tatini (Capitão Usopp) e Francisco Júnior (Crocodile).

Bloco Gastronomia terá doces e clima de izakaya

Crédito: https://www.bunkyo.org.br/

No sábado, 22/05, o clima dos izakaya (barzinhos japoneses) será o destaque do bloco de Gastronomia, com participação de Lúcio Ouba, do Izakaya Matsu. Inaugurado em 2015, o Matsu homenageia o bairro onde está instalado (Pinheiros) e possui um longo balcão no piso térreo, com 16 lugares que dão uma visão privilegiada para a cozinha aberta, onde os pratos são preparados.

No interessante bate-papo com Lucas Yokota, do Além do Sushi, vamos aprender mais sobre os izakayas no Japão e no Brasil; quais são os petiscos servidos pela casa, como karaaguê, edamame, kimpirá gobô; além das bebidas, como cervejas e saquês importados do Japão. Uma viagem além do sabor, em busca de novos conhecimentos sobre a cultura japonesa!

Crédito: https://www.bunkyo.org.br/

E no domingo, dia 23/05, o destaque será a confeitaria contemporânea japonesa, com o chef Cesar Yukio, da Hanami Confeitaria. A influencer Dani Polis, do Trippolis, vai conversar com o chef sobre os segredos do yogashi (doces japoneses em estilo ocidental).

Formado em gastronomia e especializado em confeitaria, César Yukio estudou nas melhores universidades na França, Estados Unidos e Argentina. Já trabalhou ao lado de grandes nomes da gastronomia, como Helena Rizzo, Alex Atala e Erick Jacquin. É chef executivo da Hanami Confeitaria, chef instrutor da Callebaut no Brasil e professor de confeitaria, ministrando aulas por todo o Brasil, Estados Unidos e Japão.

Apresentação de danças e música em harmonia

Crédito: https://www.bunkyo.org.br/

A arte e a cultura japonesa são essenciais no Bunka Matsuri. No sábado, teremos uma apresentação especial com a participação dos grupos Ishin Yosakoi Soran e Ryo Kochi Yosakoi, que vão apresentar as danças e responder perguntas do público.

O Ryo Kochi Yosakoi foi fundado em 2017, em São Paulo, para difundir a cultura da província de Kochi através do Yosakoi, estilo de dança originado na província, e foi nomeado embaixador do Yosakoi no Brasil em 2018, título concedido pelo governo da província. A dança utiliza o naruko – conhecido como castanhola japonesa, que antigamente era utilizado para espantar passarinhos das plantações. 

Em 1992, um grupo de jovens universitários conheceu o Yosakoi em Kochi, e eles ficaram tão impressionados que levaram a dança para sua província natal, em Hokkaido, onde misturaram os passos com a dança da província (Soran Bushi). Daí nasceu o Yosakoi Soran, cujo festival é atualmente o principal evento de verão de Hokkaido, reunindo mais de 40 mil dançarinos.

Em 2003, a dança chegou ao Brasil, e no mesmo ano foi formado o Ishin Yosakoi Soran, com integrantes de 18 a 60 anos. O grupo participou dos 10 primeiros Festivais de Yosakoi Soran do Brasil, ficando em primeiro lugar na categoria adulto em 2006 e até hoje continua divulgando a dança e a província de Hokkaido, sempre com muita alegria e energia.

As cordas em harmonia, no shamisen e sanshin

Crédito: https://www.bunkyo.org.br/

E no domingo, para encerrar a programação do Bunka Matsuri 2021, teremos a participação dos músicos Vinicius Sadao (shamisen) e Rafael Kiyoiti Kamiya (sanshin), que vão falar sobre a história dos instrumentos, explicar cada parte dos instrumentos e responder as perguntas do público, além de se apresentarem com performances emocionantes!

Vinicius Sadao é formado em composição musical pela Unicamp e atua no shamisen desde 2008. Fundador do Projeto Sankyu, que leva o ensino, difusão e inovação dos instrumentos tradicionais japoneses. Durante sua participação, o músico vai explicar sobre o Shamisen, um instrumento de cordas tradicional japonês, que tem presença em diversas manifestações artísticas como teatro kabuki, teatro bunraku e na cultura popular com o minyo. É um instrumento dinâmico, que liga a tradição ao mundo moderno.

Sanshin é um instrumento musical da província de Okinawa, precursor do shamisen. Frequentemente comparado ao banjo, consiste de um corpo feito de couro de cobra e de um braço com três cordas. Rafael Kiyoiti Kamiya começou a tocar sanshin aos 12 anos. Em 2007 ganhou o concurso de Música Folclórica promovido pela Associação Ryukyu Minyo Kyokai filial do Brasil e leciona na Associação Okinawa de Vila Alpina.

Clube do Livro do ICBJ-Rio debate a literatura kirishitan de Ryunosuke Akutagawa

O Instituto Cultural Brasil Japão (ICBJ) é a casa da cultura japonesa no Rio de Janeiro. Entre sua programação diversa está o Clube do Livro do ICBJ, com já três anos realizando atividades. No dia 26 de março de 2021, às 17h, o próximo encontro do clube terá como tema central a literatura kirishitan de Ryunosuke Akutagawa. Os contos recomendados são: “Memorando Ryôsai Ogata“, “Ogin” e “O Mártir” (edição da Hedra). É preciso confirmar presença. Para tanto, mande um e-mail para academiahistculticbj@gmail.com e receba as informações necessárias.

Crédito: ICBJ.

Conheça alguns contos tradicionais do Japão

Via Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro

Neste vídeo o grupo JapaTora apresenta a história do “Hoichi, o sem orelhas” (Mimi-nashi Hōichi), uma história que foi escrita por Yakumo Koizumi (1850 – 1904), nome japonês do autor Lafcadio Hearn, cujo trabalho divulgou a cultura japonesa no Ocidente. O conto representa o verão e as histórias de fantasmas, que são super populares na época mais quente do ano no Japão.

Este vídeo faz parte de uma série de quatro vídeos de contos tradicionais japoneses, cada um representando uma estação do ano, e faz parte de uma colaboração entre a Embaixada do Japão em Portugal, a Fundação Japão em Madri e o grupo JapaTora. Os vídeos estão legendados em português.

Para ver a série inteira, acesse:

CEA-UFF está com inscrições abertas para o minicurso “UKIYO-E: gravura japonesa no Brasil”

No dia 17 de novembro (terça-feira), das 18h30min às 19h30min acontece o minicurso “UKIYO-E: gravura japonesa no Brasil”, através da plataforma Google Meet. As inscrições poderão ser feitas até o dia 16 de novembro. Em mais um evento promovido pelo Centro de Estudos Asiáticos da Universidade Federal Fluminense (CEA-UFF), a professora Rosana de Freitas, docente da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EBA – UFRJ), apresentará seus conhecimentos em torno do tema das gravuras japonesas, as Ukiyo-e, e algumas orientações para quem deseja pesquisar essa arte no Brasil. Os dados de acesso da sala virtual do Google Meet serão enviados por e-mail na véspera do evento e haverá emissão de certificado. Para realizar sua inscrição preencha o Formulário do Google Docs.

Crédito: Facebook do CEA-UFF.

Japan House São Paulo comemora o dia do sushi com programa especial sobre este prato essencial da culinária nipônica

Via Japan House

Ontem, dia 1º de novembro, foi o Dia do Sushi, comemorado anualmente pelos japoneses. Diz-se que essa data foi estabelecida no Japão há mais de duas décadas e, aos poucos, pela popularidade da iguaria, ganhou espaço no calendário brasileiro, tornando-se uma comemoração que possui alcance internacional. Alguns grupos também celebram esse prato nipônico no dia 18 de junho, que no Brasil também marca o Dia Nacional da Imigração Japonesa.

Acredita-se que a forma originária do sushi surgiu no sudeste da Ásia e China, como uma técnica de preservação do alimento, cobrindo o peixe com o arroz. Ao longo dos anos, esse saber expandiu-se e fixou-se no Japão, tornando-se um prato essencial da culinária nipônica. Hoje ele está presente por todo o arquipélago, utilizando os mais diversos ingredientes, como os mais nobres cortes de peixes, passando por legumes e até mesmo incluindo ovos e conservas.

Feito exclusivamente para a Japan House São Paulo, esse vídeo traz os chefs Telma Shiraishi do restaurante Aizomê Embaixadora da Boa Vontade da Difusão da Culinária Japonesa, e Edson Yamashita, do restaurante Ryo, que acaba de receber sua segunda estrela Michelin, para uma imersão sobre sushi, sua história e variedades.

ANBEHCJA-ICBJ organiza I Encontro de Estudos de Moda & Estética Japonesa

A Academia Nipo-Brasileira de Estudos da História e Cultura Japonesa do Instituto Cultural Brasil-Japão (ANBEHCJA-ICBJ) promove no dia 30 de outubro, às 18h, o I Encontro de Estudos de Moda & Estética Japonesa, grupo de estudos – online, pela plataforma Google Meet. O evento estará sob coordenação de Luiza Rebouças Vieira da Costa, membro do colegiado da academia, responsável pela área de estudos de moda e estética japonesa. A ANBEHCJA-ICBJ organiza este encontro na finalidade de reunir pesquisadores acadêmicos que pesquisam ou tenham interesse de pesquisar acerca dos estudos de moda e estética japonesa de períodos antigos e contemporâneos.

Crédito: GEHJA

Assim esse espaço pretende fomentar o início de um grupo de estudos que se desenvolva como um espaço de debates e produção de conteúdo, a fim de pensar a aplicação do design e da estética japonesa através de sua temporalidade e relações socioeconômicas. Além de identificar as latitudes culturais e sociais que variam ao longo do tempo e lugar no Japão e buscar compreender a percepção da produção das emoções pelos fenômenos estéticos da Moda.

Nesse dia será realizada uma apresentação dos participantes, apresentação do projeto de grupo de estudos, indicações e trocas bibliográficas, orientação de temas de trabalho e indicação de futuras leituras críticas. Para realizar a sua inscrição envie mensagem para o e-mail: academiahistculticbj@gmail.com, com nome completo, instituição de origem, curso, titulação e um breve resumo do que pesquisa ou o que pretende pesquisar.

Jornal 140 debate cultura japonesa como veículo de transformação social entre jovens

No dia 5 de novembro, das 19:00 às 20:00, o programa de entrevistas do Jornal 140, Minuto Otaku, comandado por Jorge Massarollo, vai abordar a cultura japonesa como veículo de transformação social entre os jovens. Ele convida para debater o tema Bruna Navarone Santos, graduada em Ciências Sociais (UERJ) e mestranda na área de Ensino em Biociências e Saúde (PG-EBS/IOC-Fiocruz), além de coorientadora na pesquisa realizada por estudantes no ensino médio, pelo Provoc-Fiocruz, sobre animê, mangá e ficção científica no ensino de ciências.

Massarollo realiza entrevistas mensais, bate-papos e publicações sobre a cultura japonesa, animes, mangás e o multiverso Otaku. Para assistir, acesse os seguintes links do site do Jornal 140: https://jornal140.com/live/ e nas redes sociais da publicação eletrônica: Facebook: https://bit.ly/3jshyBW / Instagram: https://bit.ly/3b7xKWg e YouTube: https://bit.ly/2QCdtyJ

Crédito: Facebook Jornal 140.