Os pesquisadores Daniela Mazur, do MidiÁsia, Melina Meimaridis e Daniel Rios participarão de conferência online, realizada pela Universidade Nacional de Seul, sobre a relação entre Netflix e Hallyu (onda coreana). Autores de Original by deception: Netflix’s Mixed Blessings to Hallyu in Brazil, eles apresentarão o artigo no dia 8 de abril, com transmissão pelo YouTube.

A equipe de pesquisadores da direita para esquerda: Daniela Mazur, Melina Meimaridis e Daniel Rios. Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

A fim de discutir o crescente investimento feito pelo serviço de streaming Netflix em conteúdos coreanos – destaca-se o K-drama Squid Game, que se tornou a produção mais bem sucedida da plataforma –, a Universidade Nacional de Seul abriu, em outubro do ano passado, o edital para submissão de artigos a serem apresentados na conferência Is Netflix Riding the Korean Wave or Vice Versa? durante os dias 08 e 09 de abril. Um dos artigos escolhidos foi produzido em coautoria com a pesquisadora Dani Mazur, do grupo MidiÁsia.

Em Original by deception: Netflix’s Mixed Blessings to Hallyu in Brazil, os pesquisadores Daniela Mazur, Melina Meimaridis e Daniel Rios analisam, a partir do catálogo da Netflix no Brasil, as estratégias imperialistas utilizadas pela plataforma para se promover como “a maior produtora e mediadora de obras audiovisuais sul-coreanas no mundo”.

Os autores apresentarão o artigo em uma mesa redonda que começará às 20h30 (horário de Brasília). O evento será integralmente transmitido pelo YouTube. Confira a programação completa:

Cronograma da conferência Is Netflix Riding the Korean Wave or Vice Versa?. Imagem: Reprodução/ Seoul National University

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *