Crédito: divulgação.

Via Revista Intertelas

No Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro está sendo realizada uma nova edição da mostra de filmes dedicada à obra do diretor sul-coreano Hong Sang Soo. Promovido pela entidade sem fins lucrativos Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e Produtores Culturais, o evento “Encontros à deriva: Retrospectiva Hong Sang Soo” segue com exibições na sala de cinema até dia 9 de agosto. Dois filmes podem ser vistos online, através da plataforma Looke“Na praia à noite sozinha” e “Certo agora, errado antes”.

Ocorrem pela internet também dois debates, o primeiro foi transmitido pelo Facebook e abordou a indústria de cinema sul-coreana e a presença do premiado diretor em festivais ao redor do mundo, que teve participação da pesquisadora em mídia sul-coreana Daniela Mazur, integrante do Grupo de Pesquisa em Mídia e Cultura Asiática Contemporânea da Universidade Federal Fluminense (MidiÁsia-UFF), parceira da Revista Intertelas. O proximo encontro com palestrantres ocorre no dia 27 de julhoterça-feira, às 19h30, e terá como tema “A escrita fílmica de Hong Sang Soo”. Esta iniciativa tem apoio do Ministério do Turismo e apoio e patrocínio do Banco do Brasil. A curadoria é de Isabel VeigaSamuel Brasileiro e Vitor Medeiros.

A programação está exibindo todos os 24 longas do diretor, em 36 sessões. Segundo informa a organização do festival, os filmes seguem uma linguagem minimalista, retratando personagens banais em situa-ções corriqueiras. Entre os destaques da retrospectiva estão os filmes “Hahaha”, vencedor do prêmio “Un Certain Regard”, no Festival de Cannes 2010“Nossa Sunhi”, ganhador do Leopardo de Prata de Melhor Diretor no Festival de Locarno 2013, e o novíssimo “The woman who ran”, premiado com o Urso de Prata de Melhor Direção, em 2020.


0 comentário

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *